Bom, eu meio que me arrependi de ter escolhido esse tema, risos, como eu sempre anuncio do final do texto, o seguinte, as vezes não penso muito bem… Quando eu pensei nesse tema, eu contava com uma colaboração, do meu marido, que é educador físico, mas ele não topou, disse que não é blogueiro! Só que eu gosto de desafios, e não gosto de dar para trás quando me comprometo, então eu, que não sou profissional da área, resolvi escrever esse texto, mesmo assim, na posição de leiga, mas que pratica atividades físicas a muitos anos, e tem experiência pessoais dos benefícios que podem trazer. Já fiz várias modalidades, e cada uma delas me trouxe algum tipo de retorno.

 

Eu sempre fui gordinha, sempre! Uma criança que sofreu, o que se chama hoje de ‘bullying’, e eu odiava a aula de educação física, sério mesmo, eu tinha pavor. No meu tempo as aulas eram aquelas clássicas, futebol para os meninos, vôlei para as meninas, que eu considero nenhum pouco atrativas. E até hoje eu não gosto de esportes em equipe, com bola, então eu acreditava, que não gostava de fazer atividades, quando na verdade eu não tinha me encontrado. Minha mãe me colocou no ballet, que fez com que eu até tivesse um pouco mais de gosto por me mexer, mas não era o suficiente. Fui realmente gostar, ter prazer, em me exercitar aos quinze anos, quando na escola onde eu estudava, um professor fazia avaliação física nos alunos, e me alertou do meu sobre peso, e dos problemas de saúde que eu poderia vir a ter, ele me assustou muito na época, para falar a verdade. Resolvi que ali minha vida iria mudar! Fechei a boca, fui para a academia, e gostei, desde então procurei sempre que posso fazer alguma atividade, nem que fosse fazendo apenas caminhadas, quando a grana estava curta. E já passei pelo ballet, musculação, jump, muay thai, funcional, ritmos, zumba…

 

Só que com o passar dos anos, o metabolismo diminuindo, a idade começando a pesar, o descuido na alimentação, eu engordei de novo, vivi o que se chama de efeito sanfona. Em alguns momentos eu estive bem magra, enquanto em outros eu estive muito acima do peso. Eu tenho muita tendência a engordar, minha genética não contribui em nada, sem contar os meus 1,56m que piora mais ainda. Todas as atividades que já fiz, foram principalmente com esse intuito, emagrecer, e eu gosto, a dança principalmente, faço mais para a cabeça, do que para o corpo, eu preciso dançar, quando paro de dançar sinto muita falta. Já comecei musculação várias vezes, mas sem muita persistência, me entediava, e acabava por desistir, aquele treino pré-estipulado, único, sem muita orientação, e variações.  Só que com a idade, fui percebendo a perda de tônus muscular, flacidez, dores, e senti que precisava fazer algo mais especifico, do que unicamente dançar.

 

Foi então que a um ano atrás iniciei o funcional com personal trainer, e entendi o porquê de até então eu sempre desistir da musculação, o funcional é muito mais especifico, pensado individualmente no objetivo de cada aluno, a cada aula, era um treino diferente, com outros estímulos, e totalmente sem rotina, e entendi que era isso que eu precisava. E principalmente, que eu precisava ter alguém do meu lado, gritando, estimulando e cobrando. Obtive muitos resultados, visíveis, melhoria do tônus muscular, flexibilidade, resistência, consequentemente, auto estima, bom humor, e a regularização do sono. E também serviu para eu entender, que não posso pensar em atividade física única e exclusivamente para emagrecer, não, atividade física é para a vida, para a saúde! Entendam, se tu procurar uma academia, pensando que tu vais lá, vai emagrecer, e depois parar, já era, tudo o que for conquistado será perdido em muito pouco tempo, tem que ser hábito, por isso a importância de encontrar algo que te de prazer, para que tu consigas inserir isso no teu dia a dia, e que faça parte da tua rotina, que te de vontade de ir, e que no dia que por algum motivo precisou faltar, sinta falta.

 

Em janeiro deste anos, meu marido percebeu que precisava mudar de vida, aos 31 anos estava pesando inacreditáveis 117kg, e além da estética estava tendo vários outros prejuízos, a saúde dele estava bastante comprometida. Ele como educador físico, procurou um colega, Bruno Bitencourt, e resolveu iniciar os treinamentos na academia Let’s Move. E os resultados foram incríveis, e muito rápidos, desde os primeiros dias. Ele teve uma radical mudança de comportamento, através dos estímulos, e cobranças do professor, ele passou a se alimentar melhor, ter hábitos mais saudáveis. Desde então já se foram 15 kg, e incontáveis benefícios para a saúde, auto estima, e na nossa relação. Durante esse período, ele me convidou para ir para a Let’s com ele, e vendo seus resultados topei o desafio, e conheci um outro sistema, um lugar onde se preocupam individualmente com cada um, onde o aluno é valorizado, acima de tudo, como pessoa. Fui apresentada a Cintia Pozzatti, que assumiu a responsabilidade de fazer a dengosa aqui, a mudar de hábitos, e a ter persistência. Em muito pouco tempo já pude perceber resultados, nunca antes obtidos, e estou muito feliz com tudo o que estou conquistando, e sei que ainda vou alcançar muitos outros objetivos, por ter ao meu lado alguém que não me permite desistir, que me estimula, e principalmente acredita em mim.

 

Convido a todas a conhecerem a Let’s, que fica na Rua Silva Jardim, 1031, telefone: (55)91370201, ou fazerem qualquer outra atividade, mas principalmente, que entendam que precisam se mexer, que é necessário, importante, e não só para estética, mas para vocês! Sei que temos uma rotina cheia, que chegamos cansadas, que tem aquele dia que dá vontade de não levantar do sofá, mas depois que começar, vai pensar porque não começou antes, vai gostar, e com certeza vai entender o que estou dizendo, podemos sim ter muito prazer na prática de atividades físicas, só precisa encontrar algo que te faça bem, que tu goste, te encontre! #vamomexe

 

Bom mulherada esse foi meu recado de hoje, espero que gostem, reflitam e se mexam! Até a próxima semana, falando sobre transparência, defeito ou qualidade? Beijos e até quinta!

 

3 Comentários
  1. Sibele 3 meses atrás

    Adorei Dani, também resolvi mudar de vida, sair da zona de conforto, estou fazendo o funcional e a musculação. Já comecei a ficar viciada na academia, é maravilhoso quando achamos uma atividade que nos agrade e dê prazer em fazer. Estou naluta para mudar meus hábitos alimentares, mais já comecei a ver resultatos na balança, ótimo colocar uma roupa que a tempo não servia mais. Amei

  2. Karoline 3 meses atrás

    Estou precisando me mexer, mas falta coragem e ânimo!!!
    Ps. Adorei a fotinho de bailarina… viajei no tempo, nos porta-retratos da sala… hehehe

  3. Camila Freitas 3 meses atrás

    Dani ótimo ler isso, já mudei a alimentação mas ainda não achei um jeito de fazer exercícios, mas me senti muito motivada pelo teu entusiasmo e pelo antes e depois do maridão haha! Beijão!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account