Sou uma verdadeira apaixonada por estudar comportamento humano e ao mesmo tempo ajustar e testar em mim os mais variados tipos de possibilidades que todos os dias escancaram a minha frente em busca de uma vida mais plena e feliz. Vejo pessoas como se estivessem no piloto automático vivendo uma vida morna e sem sentido.

De acordo com pesquisas recentes da Deloitte´s Shift Index, a maioria das pessoas – 80% (oitenta por cento) – está insatisfeita com o atual emprego. Ao mesmo tempo, no mundo todo, desponta um novo movimento de pessoas que não aceitam mais se conformar com a mediocridade de uma vida sem propósito. Um movimento em que o trabalho é baseado na alegria, comunidade e contribuição. 

Sempre cito exemplos pessoais na hora de expressar minha linha de raciocínio e por isso acho importante relatar que eu sou a prova de quem esteve nove anos estagnada no serviço público achando que a aposentadoria seria o próximo passo até perceber que poderia ir muito além do que imaginava.  

Amar o que se faz é algo tão valioso que deveria ser ensinado no ensino fundamental acompanhado de um livro de empreendedorismo para as crianças abrirem suas mentes para os diversos caminhos lindos que podemos seguir na vida, respeitando nossas características e talentos e não seguindo um modelo fechado pré-determinado por alguém que um dia resolveu criar uma caixinha recheada de regras que não se encaixam para todas as pessoas. 

Saber o que queremos, porque queremos e como faremos para colocar em prática. Saber que podemos fazer o que quisermos e que não existe nenhum impedimento a não ser aquele que colocamos em nossas mentes quando acreditamos que nada disso é possível.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account