Acho que a minha vida carrega uma característica (pelo menos até agora):

Eu nunca vivo o “simples assim”. As coisas nunca acontecem, assim, como posso dizer… redondinhas, perfeitinhas, entende? Mesmo quando tem final feliz… A verdade é que eu passo por uns apertos antes!

Não lembro de alguma vez que: pronto! Deu tudo certo sem problema algum! Eu sempre sinto uma pedrinha no sapato. Sempre!

Nos meus melhores sonhos e nas minhas maiores realizações… Lá estava a pedrinha marcando presença. Eu acho que ela já se acostumou ao meu pé… Eu posso estar de tênis ou de salto. Mas a pedra está sempre lá!

Ela foi a todos os meus aniversários, foi ao meu casamento (lembro até do nome da Pedra nesse dia… hehehe)… Até quando engravidei, a pedrinha quis estar presente. Na minha vida profissional, nos meus relacionamentos… Ai, essa pedrinha!

Às vezes, a pedra é um sentimento, às vezes, uma pessoa. Às vezes, eu mesma!

Talvez você me entenda….

Cansei de admirar minhas amigas de infância… Lindas! Com suas famílias felizes… pai, mãe, algumas com irmã ou irmão. Bom, comigo não era assim… Não exatamente. Foi quando eu comecei a tentar caminhar com a tal da pedra no sapato.

Doía sim… Na verdade, doía bastante. Por mais que eu tentasse tirá-la daí, ela teimava em grudar em mim…

Se fosse relatar aqui todas as nossas aventuras (sqn)… No colégio, no namoro, na minha aparência.

Bueno… vou encurtar a história!

Cheguei à conclusão, aos trancos e barrancos, que precisaria aprender a andar com a pedra (mesmo quando eu estivesse de salto). Caí várias vezes, não minto. Outras vezes, até dei uns passos, mas como realmente incomodava, parava… descansava… até que desistia de vez. Para não me machucar mais, ficava parada por ali mesmo… onde eu estava. Era uma zona confortável, digamos assim! O único problema é que eu não saia do lugar… Então, entre andar machucada e ficar ali parada… Tomei uma única decisão: não parar! (Tipo a Dory do Nemo: “continue a nadar…”)

Resumo da ópera… Sabe o que eu descobri?

Que… Quem pisava na pedra o tempo todo era eu! Isso mesmo! Eu era superior à bendita pedrinha (e aqui, o diminutivo vem bem a calhar). Ela machucava? Machucava… Mas também me lembrava de que eu estava caminhando… e cada vez mais rápido.

Espera, que eu descobri mais uma coisa! Sabe o que é?

Com o tempo, a pedra passa a não fazer mais tanto estrago… Sei lá… Acho que a gente acostuma! Você pode nem acreditar no que vou falar agora, mas… Quanto mais rápido vou, menos sinto a dita cuja!

E nessa de “cada vez mais rápido”, experimentei correr! Nunca havia corrido antes. Acho que era resquício daquele conselho de vó, sabe? Não vai correeer! E de salto ainda? Imagina?

Mas, sabe… Chega um dia na vida, que você sente o que deve ser feito e, simplesmente, faz! Bom… nesse dia, eu estava de salto.

Algo dentro de mim dizia: corre! Corre! Sem saber direito como, sem saber direito pra onde… apenas fui (ainda lembro da “dança” do vento com meu cabelo)! Ah, como me senti livre… Nem lembrava mais que estava de salto… A pedra? Que pedra?

Olhei pra frente. Lembrei apenas da minha única decisão: não parar! Não parar! E me fui…

correndo até agora.

Ainda não cheguei.

Sei que vou chegar.

Às vezes sinto a pedra, mas nem olho para baixo.

Tem pedra sim, e é por isso que estou correndo!

Uma explicação rápida e importante sobre a imagem destaque deste texto: a fotografia mais apropriada para este artigo seria a de um sapato de salto desses bem lindos… vermelho, talvez. E dentro dele uma pedra pequena e pontuda. Seria… Não estranhe se a imagem for minha!

“… é sobre mim e uma pedrinha no meu sapato de salto. É sobre aprender a caminhar com a pedra. É sobre não parar. É sobre poder até correr!”

Um beijo… fiquem com Deus!

 

Nanda Fernandes

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account