Ano Novo, a mudança depende de você

 

Fim do ano chegando, praticamente impossível não entoar a conhecida música: “Adeus, ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize no ano que vai nasce, muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender”…. Bela canção que embala nossa virada de ano. Ao ouvi-la, parece que estamos ressoando um mantra que vai materializando cada estrofe e realizando uma grande mudança para o ano vindouro. Será?

Seguimos… Comemos 7 sementes de uvas, colocamos uma folha de louro embaixo do prato, separamos para colocar na carteira 7 grãos de lentilha para termos a mesma farta de cédulas ($) durante o novo ano,vestimos brando para trazer paz, comemos peixe, pois nada para frente, rejeitamos o frango por cisca para trás. Se estivermos na beira mar, certamente iremos pular as 7 ondas para prosperidade. Afinal, queremos muitas coisas e para isso, concedemos profunda energia e pensamentos positivos para que tudo dê certo.  Motivação na noite do  réveillon , não nos falta.  Contudo, convido vocês a lerem atentamente o depoimento a seguir:

Olá me chamo dois mil e dezoito, fui muito esperado por todos vocês ansiosamente. Pude sentir o pulsar do coração de cada um, muitos sonhavam comigo, chamavam por mim, sendo que meu irmão, o dois mil e dezessete, ainda nem pensava em deixá-los. Quando fui chegando pude ouvir a bela música já mencionada no início desse texto, eu alegre, cantava junto e até arriscava alguns passinhos de dança. Muito feliz e empolgado, CHEGUEI! Recebi muitos brindes, muitas selfs, muitos beijos e abraços, chuva de fogos, mesas fartas. No entanto, não demorou muito para começar a sentir um “peso” no ar, algumas lágrimas, muitas reclamações e eu ali estático sem saber o que fazer, tendo em vista que ainda faltavam muitos dias para eu me despedir. Pensava, pensava e não entendia o que estava acontecendo, pois não havia feito nada, estava feliz com tudo que ouvi no dia 1º de janeiro. Lembrei do meu irmão que me relatou cenário semelhante.

Comecei a refletir: Onde estão todas as promessas, todos os desejos de mudança, trabalho, amor, saúde? Cadê aqueles seres humanos cheios de vida?  Neste instante, passei a dar razão ao meu irmão.

Meus amigos, eu sou apenas uma folha em branco, enviada por Deus, à espera que vocês preencham. Não tenho o poder de mudar a vida de ninguém, de arrumar um emprego, de soprar os números da mega sena, de fazer você parar de beber ou fumar, tampouco auxiliar no seu processo de emagrecimento. Eu curto o peixe a lentilha, as ondas do mar, mas não posso usá-las ao seu favor. Como disse sou apenas uma folha em branco à sua espera.

Se você não mudar sua consciência, não fizer um esforço para que seu ano seja realmente novo, infelizmente para você, eu serei mais um integrante da família que na sua concepção apenas passaram, sem nada fazer. O virar da “folhinha”, a troca do dia 31 de dezembro para 1º de janeiro só fará a diferença, se você for o autor do livro da sua vida. Você poderá realizar todos os seus sonhos, desejos se sair da inércia e for realmente em busca daquilo que se comprometeu.

Caso contrário, logo, logo meu irmão mais novo, o dois mil e dezenove que está em trabalho de parto, prestes a nascer, viverá seus 365 dias como nós, iniciando com todo vigor, feliz, repleto de expectativas, apostando em você, e posteriormente, vivenciará o mesmo sentimento de culpa, mesmo entendendo que as mudanças que você tanto planejou não foram executadas com o sucesso desejado, porque você não se empenhou com o vigor que demonstrou no dia 1º de Janeiro.

Esse depoimento, estruturado através de uma figura de linguagem, é uma forma descontraída que nos convida a refletir acerca do que esperamos e o quanto estamos dispostos a empenhar para um verdadeiro processo de mudança para o próximo ano. Não podemos nos iludir de que teremos vida nova, se nossos hábitos e atitudes continuarem velhos, alicerçados na crença que ocorre um passe de mágica na troca do dia 31 de Dezembro para 1º de Janeiro. Vamos refletir e começar ainda neste espaço de tempo de 2018 a rascunhar nossas mudanças verdadeiras para 2019, e quando ele chegar passarmos a limpo e colocar em prática.

Feliz 2019, com muita luz, força de vontade, persistência e acima de tudo saúde.

Cassiana Marques da Silva

Pedagoga – Mestre em Gestão Pública

Servidora Pública Federal.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account