Olá mulherada!
Hoje quero passar algumas dicas e informações, desfazer alguns mitos e trazer uma nova perspectiva.
Em primeiro lugar, prazer, eu sou a Gabi Guido, cirurgiã-dentista com muito orgulho e amor.
Mas então, que dúvida que o primeiro assunto seriam os dentes, não? Kkk
Já que a maioria das pessoas conhece a visão do paciente, quero lhes mostrar o ponto de vista daquele que está do outro lado do “refletor”, o dentista.

Mas vamos ao que interessa hoje: Clareamento dental. No meu dia-a-dia atendo diversas pessoas e o mais engraçado é que a maioria possui as mesmas dúvidas. Então pensei: porque não desfazer grande parte destes questionamentos de uma vez só?
Mas antes de começar, quero ressaltar que esse procedimento só pode ser realizado quando todos os dentes estiverem saudáveis, certo?!

Vamos lá então, branqueamento ou clareamento?
Clareamento. A substância clareadora (peróxido de hidrogênio ou de carbamida) tem a função de remover pigmentos de uma camada mais interna dos dentes, pigmentos estes que não saem mais com a escovação. É exatamente por este motivo que o chamamos de clareador, já que é um “removedor de pigmentos” e não um branqueador. Sendo assim, cada pessoa pode chegar a um resultado diferente.

Mas isso não danifica os dentes? Não os deixa mais frágeis?  A resposta é: não. Mas com certeza são necessários alguns – e importantes – cuidados. O clareador não “desmineraliza” a estrutura dental, tampouco a deixa mais frágil. Mas ALERTA: esse procedimento só pode ser realizado por um profissional capacitado (Cirurgião- Dentista), uma vez que o gel só pode entrar em contato com os dentes. Para os tecidos moles, como gengiva, língua e bochechas, ele age de forma ácida, promovendo queimaduras e ulcerações.

Existem 2 tipos de clareamento, que podem ser combinados ou não: clareamento caseiro supervisionado, no qual se confeccionam moldeiras personalizadas, as quais possuem adaptação para evitar que o gel escorra para a boca. E o clareamento de consultório ou a laser, onde o gel possui uma concentração maior do que o anterior e, por isso, só é aplicado no consultório. É importante ressaltar que o material que promove clareamento é o gel clareador, e não o laser. O laser poder ser usado ou não.

Então, se realizado da forma correta, não causa danos à saúde. Vai da necessidade de cada um em ter um sorriso com dentes mais claros, ou não.

Por fim, quero salientar: a beleza está nas diferenças! Cada uma com a sua individualidade. Não queiram ficar iguais a atores e atrizes, ou ter aquele sorriso branco tipo chiclete “Plets”, não queiram parecer com ninguém, busquem ser o melhor de vocês mesmas!

Um beijão! E até os próximos textos….



0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2019 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account

Pular para a barra de ferramentas