Consciência Negra no Brasil

 

            Mês de Novembro chegando, impossível não observar a data do 20/11, porém nota-se que muitos não sabem o seu real significado. Então o que realmente esse marco representa? É um dia muito representativo, especialmente para os negros no Brasil, pois no ano de 1695 morria o líder negro Zumbi dos Palmares. Nascido no estado do Alagoas, foi o principal representante da resistência negra à escravidão no Brasil. Líder do Quilombo dos Palmares, comunidade livre formada por escravizados fugitivos dos engenhos, índios e brancos pobres expulsos das fazendas, foi um dos nomes mais importantes pela liberdade dos escravizados.

 Destaco a frase acima pertinente a uma situação ocorrida no ano de 1600, referente a exclusão de possíveis minorias sociais como negros, indígenas e brancos pobres, e convido você a uma releitura aliada a uma reflexão sobre os dias atuais. Observando que estamos no XXI, especificamente em novembro de 2018, era da revolução digital, das mídias sociais, da informática, dos aplicativos que auxiliam nossa vida otimizando o tempo, da liberdade de escolhas, da democracia, entre outras conquistas dos cidadãos, posso, sem medo de errar, ratificar a frase que após mais de 300 anos, vivenciamos situações equivalentes as já mencionadas. Percebe-se o contexto social no Brasil na atualidade e entendemos que ainda negros e indígenas compõem a classe das minorias sociais, e encontram-se na condição de desigualdade.

Como mulher, negra, cresci numa família que frente a realidade social, podemos configurar como uma exceção. Estudei em boas escolas, frequentei lugares em que a           “dita” minoria não está incluída, em muitos, quase que exclusivamente, era a única negra presente no local. Na escola em que realizei o ensino fundamental, contava-se nos dedos o número de colegas negros em sala de aula, na particular em que frequentei e concluí o ensino médico, erámos apenas duas negras na sala.

O racismo está intrínseco no cotidiano do ser humano, em pequenos atos, atitudes e comentários, essa espécie de “ força arraigada no passado” permanece presente e viva na atualidade. Lembro de um episódio na quarta série do ensino fundamental, na qual o conteúdo era Brasil, atrelado ao conteúdo a história da escravidão, e a professora, escreveu no quadro: “O negro no Brasil”. Naquele momento muitos colegas riram e falaram em voz alta: “ a Cassiana”, criança, à época com 10 anos de idade, uma sensação de extrema vergonha tomou conta. Fui crescendo e pensando na frase que meus pais sempre disseram: “ Ninguém é melhor do que ninguém, somos todos iguais”. O estudo é que vai diferenciar o cidadão frente a essa sociedade. Com essa motivação recebida através da base familiar, estudei, concluí a graduação, fiz duas especializações, já com alguma experiência no mercado de trabalho enquanto docente, aos 24 anos, comecei a trabalhar como Pedagoga, em uma fundação de renome na cidade. Neste local, deparei-me com uma situação de extremo racismo! Uma pessoa da empresa, citou que enquanto negra, não poderia representar a instituição, mesmo com o cargo e a função que exercia.

Essas situações evidenciam que o racismo se apresenta em diferentes situações e locais, desde a sala de aula até importantes corporações e atacada o negro independente de classe social e ou escolarização.

Hoje sou servidora pública Federal, concluí o mestrado em Gestão Pública, desenvolvo atividades voltadas a servidores, na linha de Promoção à Saúde e Qualidade de Vida, e ainda percebo e sinto a falta de negros e negras nestes locais, tendo em vista que somos a minoria presente.

Encerro com a reflexão de que a resistência de Zumbi dos Palmares não foi em vão, pois ainda resistimos. Diariamente, estamos no combate à desigualdade, ao racismo, a intolerância. Estamos sempre na luta por uma sociedade igualitária e amplamente democrática. Vamos refletir sobre a consciência negra no Brasil, vamos lutar pelo racismo basta!

 

Cassiana Marques da Silva

Pedagoga- Me em Gestão Pública.

Funcionária Pública Federal.

 

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account