Oi gente, fazia tempo que eu não aparecia por aqui,  então quero inaugurar meus textos desse ano com esse assunto tão especial, que resume tudo que tenho vivido ultimamente, a espera mais linda da vida, a espera do meu primeiro bebê, o processo de tornar-se mãe. Vou começar contando como foi a descoberta da gravidez para mim, dividi o texto em três partes para não ficar muito longo. Então vamos lá…

 

Sempre amei crianças e sonhei com o dia em que seria mãe, muitas vezes idealizei ser mãe aos 28 anos mais ou menos. Casei em março de 2016 faltando um mês para os 25, comecei a pensar em adiar a maternidade para os 30, mas aos 26 o relógio biológico começou a despertar e o amor pelas crianças começou a ficar ainda maior, que cada vez que eu tinha contato com bebês eu ficava desejando logo ter o meu.

Na adolescência descobri que tinha síndrome de ovários policísticos (SOP), o que muitas vezes poderia prejudicar e/ou atrapalhar as mulheres de engravidar. Apesar de tratar, sempre tive aquele receio de não conseguir quando fosse de fato tentar.

Ao me informar mais sobre a SOP e aprender que os métodos hormonais muitas vezes só mascaravam os sintomas e não resolviam o problema, depois de ler muitos relatos de que tratamentos naturais tinham dado certo, resolvi em setembro de 2017 parar o uso da pílula anticoncepcional para ver como meu corpo iria reagir, para no ano seguinte começar a “tentar” e com sorte ser mãe aos 28.

Pouco depois dessa decisão, Deus usou uma amiga para orar por mim e ministrar cura em minha vida, sem saber disso tudo ela colocou a mão em meu ventre e falou que Deus estava curando meu útero, meus ovários e normalizando tudo. Isso aconteceu no dia 07 de setembro de 2017.

Final de setembro chega e a menstruação não, primeiramente achei que poderia ser porque havia parado o uso da pílula a pouco tempo e iria demorar para regular o ciclo. Esperei passar alguns dias e fiz dois testes de farmácia, que deram negativo. Sentia algo diferente e a menstruação ainda não havia vindo, até que resolvi fazer o exame de sangue, mas certa de que daria negativo.

Era dia 05 de outubro de 2017, às 15:30 tinha encontro com as gurias do Blog para tirarmos fotos na praça da cidade para uma reportagem que iria aparecer no Jornal, às 15h saía o resultado do exame pela internet. Antes de sair de casa eu olho o resultado, não vejo escrito positivo ou negativo, era um Beta HCG quantitativo, tinha números e era preciso interpretar, eu leio, nervosa e entendo que era um positivo, sim, eu estava grávida!!!!

 Mas meio sem acreditar e com medo de errar, peço para uma amiga médica olhar o resultado, ela me liga e confirma que eu estava grávida. Nessa hora misto de sentimentos: surpresa, medo, alívio e alegria.

 

Surpresa porque eu e meu marido não estávamos de fato tentando, estávamos começando a nos preparar e pensar na ideia.

Medo porque quando vem a notícia a gente nunca se sente preparada o suficiente e fica questionando se irá ser uma boa mãe.

Alívio porque Deus me curou, me abençoou e não tive problemas para engravidar.

E alegria porque finalmente havia chegado a minha vez de ser mãe e realizar um sonho.

 

Vou parando por aqui, não deixam de acompanhar o próximo texto, que eu vou contar como contei a notícia ao meu marido!

Beijos e boa semana!

 

 

3 Comentários
  1. Camila Freitas 7 meses atrás

    Aiii Jéssica, me vi ali vivendo a ansiedade contigo, assim como tu, eu já sonho em ser mãe acho que desde sempre e pretendo ser aos 28 (se Deus permitir, claro!) e também tenho os benditos ovários policísticos.
    Adorei ler e ansiosa pelo próximo.
    Beijão!

    • Autor

      Oi Camila, que bom que gostou e se identificou com a história por ter vários pontos em comum! Coloca nas mãos de Deus, ora sempre a Ele contando da tua vontade, que na hora certa Ele fará! Eu imaginava que ia ser mãe com 28 e vou ser com 27, um pouco antes, mas sei que Ele está dirigindo tudo isso!!!

      Bjos e obrigada pelo comentário 😊😘

    • FERNANDA FLAVIA FREITAS DE ARAUJO 4 meses atrás

      Eu TB tinha e na última transvaginal o médico disse q sumiu desde dezembro tento a gravidez e hj descobri 3 meses. Tomei o ácido fólico e deixei a ansiedade de todo mês fazer o exame e nada. No mês que não fui observar engravidei. Deus abençoe vc.deixe no tempo de Deus

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account