Quando fala-se sobre Superdotados o que vem a sua mente? Geralmente uma criança calada, de óculos e que realiza operações matemáticas grandiosas. Estou errada? Pois bem. Era assim minha representação mental. O estereótipo criado, até um mês atrás.

Com o levantamento da hipótese da Lana ter Altas Habilidades/Super dotação iniciei leituras, pesquisas, procura de profissionais, educadores especiais, psicólogos, grupos virtuais de trocas de experiências com outras mães.

Descobri que não existem rótulos e que há muito mais do que resoluções de equações matemáticas…

E há, ainda, o lado obscuro que não é visto, falado, lembrado. O grande conflito interno que vivem: a disparidade biológica, cognitiva e social… além da aceitação do outro e a eminencia do possível bulling.

A possibilidade da minha filha ter A.H (altas habilidades) abriu-me os horizontes para ressignificar seus comportamentos e poder melhor entendê-la. É uma construção. Estamos em um processo.

Teoricamente tudo bem, tudo lindo. Mas e quando a teoria está atrelada ao turbilhão de atividades do nosso cotidiano? Quando você tem um horário a cumprir, trabalho, marido, casa, outro filho e sua filha está argumentando (geralmente com argumentos fortes, corretos e plausíveis) contra uma ordem sua?

Vamos aprendendo a lidar diariamente. Aprendendo a nomear os sentimentos, ampliando as pesquisas, fazendo novas descobertas

E para cada achado, uma nova dúvida, um novo questionamento, uma nova inquietação. Como a escola, enquanto instituição, trata esses alunos? E os outros colegas? E a própria criança?

Como diria a Luna, do desenho animado (Show da Luna): São tantas perguntas! Eu quero saber! Eu quero muito saber!

Seguirei buscando e trazendo minhas (IN)CONCLUSÕES para você!

1 Comentário
  1. Camila Freitas 2 meses atrás

    Ótimo texto Analeia, traga sempre, adoro te ler!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account