No mês passado eu cobri uma tatuagem antiga, não que tenha me arrependido, apenas, ela estava feia, tatuagens com o passar dos anos precisam de manutenção. Eu poderia simplesmente colorir ela, ou dar uma modificada, mas não, eu radicalizei, e coloquei outro desenho completamente diferente por cima, me deu um certo peso na consciência, mas como me disse minha psicóloga, já ficou dez anos ali, não tem problema nenhum em mudar, na hora concordei apenas, mas depois, em casa, parei para pensar, isso serve para tudo em nossas vidas, nem tudo precisa ser eterno, de vez em quando é bom mudar, renovar, se reinventar. Não tem problema mudar de opinião, o pior é ser intransigente, não enxergar que podemos estar errados, ou que existem coisas melhores. Afinal de contas, não somos plantas, estamos em constante movimento, e isso é bom, é ótimo, faz parte do nosso crescimento.

 

Quem nunca olhou uma foto antiga e pensou, meu Deus, como eu usava isso? Pois é, os anos passam, e nós nos modificamos, mudamos os gostos, a forma de encarar as coisas, as prioridades. Isso pode significar amadurecimento, ou não também, estamos em constante mudança. Quando fiz essa tatuagem, estava em outro momento da minha vida, via as coisas de outra forma, tinha outro estilo, e gostava de tatuagens grandes e coloridas, na época era moda, sei lá. Os anos passaram, e eu passei a gostar de desenhos mais sóbrios, passei a priorizar outras coisas, como qualidade… Quando fiz, não pensei muito, na procedência da tinta, talento do tatuador, não analisei nada disso, mesmo sabendo que seria para o resto da vida, e todos esses fatores contribuíram para que depois de dez anos eu precisasse que mexer nela.

 

Já faz algum tempo que eu tenho dado bastante valor para a qualidade das coisas, e das pessoas, tenho priorizado ter coisas melhores, do que ter maior quantidade das mesmas, como comprar dez blusas, e no ano seguinte não ter nenhuma, prefiro investir mais, e ter roupas com maior durabilidade, só um exemplo. Isso eu tenho seguido para tudo, bolsas, sapatos, roupas, enfim, aprendi a valorizar o que é bom, e não a quantidade. Me modifiquei, me reinventei. Mas também modifiquei a minha forma de encarar os relacionamentos, muitas vezes acreditamos que temos muitos amigos, quando na verdade, poucos vão estar dispostos a ajudar quando precisamos. A qualidade dos momentos, aproveitar ao máximo as oportunidades, me retirar quando não estou gostando, não me forçar a nada, nem ninguém. O que estou querendo dizer, com os anos nós mudamos, e precisamos nos renovar, nos atualizar, por nós, para nós.

 

 

Eu fui uma criança assustada, uma adolescente revoltada, e eu era amarga, reclamava de tudo, e não era feliz. Eu cheguei em uma encruzilhada, ou eu mudava, e fazia diferente, ou nunca conseguiria o que eu desejava, não podemos esperar que o mundo mude por nós, não podemos depositar nossas frustrações nos outros, não podemos esperar a felicidade do próximo, nós precisamos nos modificar, a forma de agir, de encarar as coisas, e sermos a mudança, a nossa felicidade. O mundo, não muda, o que tem que mudar somos nós. Entendi tudo isso, demorei, dei muita cabeçada, e hoje procuro ser alguém melhor, não reclamar tanto, não levar as coisas tão a sério, principalmente aquelas que não tem o poder de interferir na minha vida, e mesmo quando tem, não permito, sigo as minhas regras, valorizo o que me faz bem, quem me faz bem. O resto, deixo passar… Até minha orações mudaram, antes eu pedia, pedia muito, por coisas que já não me atraem mais, hoje, agradeço mais, e peço paz, serenidade, tolerância, consciência tranquila. E Deus tem atendido minha preces! Às vezes me revolto, me incomodo, ainda estou em processo de modificação, e sempre vou estar, mas quando me dou conta que estou me deixando levar, volto para meu eixo, procuro me serenar, e deixar o que for ruim passar.

 

Cobrir uma tatuagem, foi uma forma simbólica de marcar esse nova fase, de renovar por fora, o que vem se modificando por dentro. Antes uma lótus, com todos os seus significados mitológicos, da flor que germina no lodo, e desabrocha na luz, das borboletas, que de feias lagartas, sofrem metamorfose se transformam, tudo lindo… Mas que já não faz sentido! Agora uma fênix, sim, também com significados mitológicos, mas que já não importa tanto, um pássaro que não morre, que incendeia, e ressurge das cinzas, lindo também, mas eu já não me detenho em fantasias, agora, sou mais racional, mais prática, gostei do desenho, achei bonito, cobriria a tatuagem antiga, e dessa vez, o tatuador tinha talento para executar muito bem, o preço? É para vida toda né? Não quero daqui dez anos ter que ficar mais cinco horas sentindo dor para cobrir um desenho que está ruim. Não arranquei a antiga, ela está ali, fez parte de um momento importante da minha vida, de uma grande mudança que busquei e conquistei, vou guardar fotos, lembrar de momentos, mas assim como mudamos o cabelo, para melhor, também podemos renovar. Renovar é sempre preciso, por dentro e por fora.

 

Não tenho medo, ou vergonha de mudar. Tenho medo de ser sempre igual. É muito legal quando aparece aquela lembrança do facebook, e a gente ri de nós mesmos, que percebemos o quanto mudamos, o quanto melhoramos, isso faz parte, é bom. Ficar parado é chato, não nos faz melhor, maior, mostra que progredimos. Quero daqui alguns anos ler esse texto, e rir de mim mesma, de ver o quanto estava enganada, e perceber que evolui, que melhorei, porque vou ter seguido me modificando, que minha prioridades serão outras, que serei alguém muito melhor, e que ainda vou ser melhor ainda. Não pare, continue, se renove, se reinvente!

Bom mulherada, esse foi meu recado da semana, renovação! Até a próxima semana, sobre a importância das Crises, o que elas significam. Um beijo e até quinta!

1 Comentário
  1. Bruna Oz 8 meses atrás

    Nossa que extraordinário você é linda!!!Adorei cada palavra e cada frase….E deu uma lição de vida para muitas pessoas!Também era como você , tímida, revoltada e sem rumo na vida…E reclamava e reclamava muito!Hoje agradeço muito mais pelas coisas simples da vida, pelos amigos, pela oportunidade de viver mais um dia e aprender cada vez mais!Adorei principalmente a frase ” O mundo, não muda, o que tem que mudar somos nós”.Gostei também da tatuagem nova, da flor,rsrs quero informações de onde fez!
    Agradeço por ter conhecido você pelo Blog e pelas conversas a cada encontro…Tu tem grande coração, tenho certeza as dores e frustrações ficaram no passado né?Escrever é a melhor terapia e deu pra ver que cada mês se supera!Bom…agora faço um convite pra ler o texto meu sobre cacau e conhecer mais sobre culinária saudável!Beijos e ótima semana…<3

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account