Que dia mesmo me tornei mãe?

Tem vezes que penso que foi quando brincava com minhas bonecas,ou quando cuidava com todo amor de minha irmã  ou então quando decidi ir pra faculdade fazer pedagogia…na verdade nem sei ao certo, a vontade já existia desde sempre…

Sempre que eu pensava no que queria ser quando “crescesse”…e  era: SER MÃE.

Mas então, o tempo passou, e literalmente tive minha primeira filha nos braços, naquele momento dei uma surtada!Meu Deus o que fazer com aquela pessoinha tão dependente de mim?

Os dias passaram, meses, anos…e tudo foi se tornando mais leve, estava me tornando cada dia melhor  naquela tarefa de ser mãe.

Mais alguns anos e tudo muda…meu marido e eu nos achamos preparados para ter o segundo filho. A vida? Nos surpreendeu, seríamos pais mais uma vez….mas em dose dupla! Isso: GÊMEOS.

NESSE DIA ESCOLHI ABORDAR ESSE TEMA, PORQUE JUSTAMENTE HOJE FAZEM DOIS ANOS…Dois anos que eu creio que aprendi a tarefa, cumpri a lição e aprendo cada dia algo novo sobre o que é realmente SER mãe!

9

Hoje, depois de muitas lutas diárias, muito aprendizado e tentativas de ser o melhor….creio que estou realizada, orgulhosa do que me tornei!

A palavra mãe, por si só já carrega um significado tão “pesado”, tão cheio de responsabilidades, muitas vezes eu esqueço que também sou filha…esqueço que também preciso ser guiada, preciso de colo.Tudo por eles…

Quando você se descobre mãe, você carrega consigo uma culpa diária, carrega o peso de querer acertar sempre, carrega seus filhos nos braços e todo amor do mundo no coração.

Até aqui?

É…acho que temos nos saído bem….sim…TEMOS, já que ser mãe de três é necessariamene ter que agregar uma equipe em sua casa para dar conta!E muitas vezes mesmo assim…não conseguir dar conta! E não há nenhum problema, não precisamos acertar o tempo todo!

O maior susto de desobrir que se carrega dois em seu ventre, não é o cálculo de despesas ou noites mal dormidas….e sim…o MEDO…medo de que sua filha mais velha não entenda que terá que dividir atenção  e espaço, medo de que seu marido não compreenda seu cansaço, medo de não conseguir mais ser “alguém” profissionalmente, medo de que eles se afoguem dormindo, medo de tirar do seu quarto, medo de eles não serem amigos, medo….e medo….Ah….e esse medo passa, passa no momento que eles nascem…passa porque você precisa que passe. Passa porque você se descobre MÃE, e sabe que todo o movimento da sua casa depende de você….que você vai conseguir driblar todas as situações e SORRIR.

Hoje, meus medos completam dois anos….e hoje já não me assombram mais, hoje eu sei que dei….que dou….que darei conta sempre, porque não nasceram duas crianças, e sim nasceu una família mais estruturada que acolheu esses dois anjos e que hoje não consegue mais imaginar a vida sem essa loucura toda!

Ser mãe, me tira do sério…ser mãe me tortura diariamente, ser mãe me recupera de qualqer dor e….ser mãe é a realização de um sonho infantil!

Pensando melhor….acho que me descobri mãe lá mesmo, com minhas bonecas!Foi lá que sonhei…foi lá que treinei minhas emoções…lá meu equilíbrio futuro começava a ser traçado! Lá Deus…na sua infinita generosidade me preparava pra ser a “sortuda que sou…SIM….mais do que nunca me sinto uma mimosa do Pai!

Nesse momento fecho meus olhos e não tenho uma palavra melhor para decrever esses dois anos: LOUCURA.

Isso mesmo, uma loucura linda, que me leva do céu …..ao CÉU…todos os dias, porque não há cansaço, medo, ou qualquer outra coisa que não me faça ser grata por viver nesse paraíso….que é a vida de mãe!

1 Comentário
  1. Su, adoro teus textos, tua história e tua família! Vc é uma mãezona e tanto!! Uma mulher maravilha que faz tudo como te disse esses dias, que orgulho!!! bjinho

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account