Oi gente, primeiro vou me apresentar: me chamo Fernanda, sou Designer de Interiores por formação e mamãe de uma menina. Atualmente não estou trabalhando, mas tentando retornar ao mercado de trabalho. Porém, exerço uma das profissões que mais requerem atenção e dedicação: a Maternidade. Bom, juntando estas duas funções que tanto amo, vou falar sobre o Quarto do bebê.  Depois que o teste de gravidez dá positivo , imediatamente pensamos em duas coisas: qual o sexo do bebê e o tão sonhado quarto , e comigo não foi diferente. Por ser designer e estar sempre olhando fotos de quartos perfeitos eu sempre sonhei com um quarto maravilhoso. Mas o que eh maravilhoso?! Maravilhoso para mim seria ele todo planejado, a madeira em laca (para quem não sabe, é aquela madeira brilhosa), enfeites personalizados, papel de parede, entre muitos outros itens. Mas eu me vi com um problema, o financeiro. Em tempos de crise, infelizmente tudo está muito caro, e a gente acaba não tendo acesso à tudo que deseja. Mas ok, já que trabalho na área, saberia ir atrás de opções mais em conta. Para começar a gente precisa colocar no papel tudo o que é necessário e o que a gente deseja, depois é executado o projeto do quarto em cima do espaço que se tem disponível. Mexe daqui, muda uma, duas, três até quatro vezes e finalmente a gente fecha o projeto. Projeto finalizado, eh hora de fazer levantamento do orçamento. Pesquisar duas ou três opções no preço de móveis e itens de decoração é essencial pois muitas vezes um mesmo produto tem diferentes preços. Orçamento finalizado? Mãos à obra. No meu caso, eu não fiz obra, comprei os móveis todos prontos, móveis estes que escolhi com muito amor e carinho, e que felizmente estão todos ótimos até hoje. O armário e a cômoda eu não comprei exclusivamente para bebês, para que minha filha possa ter no quarto dela por mais tempo, o único móvel que eu fiz questão de investir mais foi o berço, no qual eu sou apaixonada . Móveis distribuídos e ajustados, vamos à decoração. Na decoração eu tinha uma coisa em mente: eu não queria tudo rosa, e não queria que tivesse características apenas de bebê, para que pudesse ser um quarto aproveitado por mais alguns anos. Foram usadas variadas cores em tons claros e fui ajustando para ficar um ambiente agradável. Alguns itens na decoração usados na decoração foram , mini quadros, porta fralda, estante, bonecas, papel de parede entre outros. Para uma mamãe designer posso dizer que o resultado foi um quarto encantador, charmoso, alegre , confortável sem muitos luxos mas que foi sonhado e idealizado com muito amor. E será que minha filha curtiu? Bom isso já é assunto para outro post. Beijos!!

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2019 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account