Para facilitar o parto normal o bebê deve estar cefálico (cabeça para baixo), o que normalmente ocorre até as 34 semanas. Entretanto, alguns bebês podem demorar mais, outros podem virar apenas quando a mãe entra em trabalho de parto e outros ainda acabam não virando, assim permanecendo na posição pélvica (sentado).

O que a mulher pode fazer se deseja o parto normal, mas chega às 34 semanas e o bebê ainda está sentado?

Pode iniciar os exercícios de Spinning Babies, que consiste em uma técnica que usa posturas e exercícios que estimulam a mobilidade pélvica e facilitam a rotação do bebê.

Se ao chegar em 37 semanas e ainda estiver pélvico também pode-se tentar a manobra de versão cefálica externa (VCE), que é uma manipulação realizada por médicos sobre o abdomen da mulher que acaba mecanicamente virando o bebê.

Se após fazer tudo isso ele ainda permanecer pélvico, pode-se esperar o trabalho de parto espontaneamente para verificar se ele ainda vira, além de poder aplicar os exercícios de Spinning Babies no momento do parto.

O bebê permanecendo pélvico tem a opção de realizar o parto pélvico, mas por suas especificidades ele necessita de uma equipe treinada e preparada para essa situação. Se a mulher não encontra uma equipe que realiza o parto nessas condições, ela pode esperar o trabalho de parto espontâneo, porém, a cirurgia é indicada.

Eu tive uma experiência muito legal há alguns dias com bebê pélvico e vou contar para vocês!!!

Estou terminando a especialização de saúde materna e neonatal e já estou atendendo algumas gestantes.
Uma paciente começou os atendimentos comigo com 34 semanas de gestação, no ultrassom que havia feito com 33 semanas o bebê já estava cefálico.

De repente na consulta de 35 semanas vem a notícia de que o bebê havia virado, ficando pélvico, foi um balde de água fria para mim e para a paciente que desejava o parto normal.
Mas vida que segue, ainda com 35 semanas comecei a aplicar os exercícios para bebês pélvicos. Com 37 semanas ela teve consulta novamente e para nossa alegria o bebê tinha virado e ficaso cefálico, assim possibilitando o parto, uhuuul!🤗 Foi uma experiência muito legal, de muita alegria!

Percebi que meu empenho em estudar e oferecer o melhor à minha paciente e o empenho dela em realizar os exercícios mesmo nos dias sem atendimento deram certo! Ainda tenho que ressaltar que no meio disso tudo teve a pandemia de Coronavírus e isolamento social, mas nós não desistimos, seguimos fazendo as sessões por vídeo chamada.

Tem sido muito bom trabalhar com gestantes, era um sonho há algum tempo e agora já é real. É muito especial poder participar desse momento maravilhoso da gestação e do parto também. A chegada de um bebê, a formação de uma nova família ou a chegada de mais um filho pra completar ainda mais, só agradeço a Deus por esse privilégio! 🙏🏻😍

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2020 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account

Pular para a barra de ferramentas