Tenho estado empenhada, nos últimos dias, a eliminar a bagunça do meu quarto, da minha vida. Confesso que, por vezes, bem mais empenhada do que em outros dias. Será que a organização é algo que pode ser transformado em uma grande habilidade? É adquirida ou desenvolvida? Será que nasce com a pessoa?

São tantas dúvidas em relação a isso que nem sei mais o que pensar. Eu arrumo numa ponta, olho pro lado e já está aquela loucura.

– Vamos lá, Dani! Foco! Essa “zona” vai sumir… desaparecer!

Então, estou eu empolgada de novo. Tiro tudo de dentro dos armários, escolho o que vai fora (doações), separo, empilho pra cá, empilho pra lá, dobro, guardo o que restou. Feito. Tiro até foto do quarto TÃO arrumado. Não sei se é pra provar pra mim mesma que é fácil fazer isso tudo ficar assim ou se é pra mostrar pra quem me apoia no processo de desenvolvimento dessa “habilidade”. Sim, eu acredito que é uma habilidade a ser desenvolvida. Até porque, se não for, estou perdida!

Quanto tempo passa assim, perfeito? Poucas horas. Nem um dia inteiro, lógico. Marido chega, larga por ali o que quer. Filhos brincam de pular em cima da minha cama… no começo isso me irrita bastante.

– Sou só eu pra arrumar isso! Saiam daí e vão brincar no quarto de vocês! – já num tom de xingamento que prefiro não usar.

Mas aí… tem risadas, divertimento, correria de um lado pro outro, pega-pega, esconde-esconde (inclusive dentro do meu guarda-roupa que acabei de organizar!) Isso sim é algo que eu gosto muito. Esmagar eles, apertar, afofar, pular junto, correr atrás pela casa, atirar coisas fofas uns nos outros, gritar sorrindo, fingindo que tô com “medo de ser pega”… brincar é muito bom, azar da bagunça espalhada, amanhã ou quando der tempo, eu arrumo. No outro dia arrumo um pouco. Vai ficando. Ficando…

Eu penso. Nunca fui muito organizada e meticulosa com isso. É possível de se encarar como defeito ou virtude. Aventureira e espirituosa como sou, sempre encarei como virtude. Afinal, que importância tem lençóis esticados quando se tem brincadeiras com os filhotes que daqui uns dias crescem e não estão mais aí pra desarrumar a cama? Essa bagunça vai deixar saudades…

Eu penso. Sou assim mesmo. Bagunceira por natureza. Faço mil coisas ao mesmo tempo. Começo aqui, vou lá e termino ali. Determinada com o que quero também. Faço um passo de cada vez. O ritmo está mais lendo do que gostaria, é verdade. Mas está indo, firme e forte. Uma hora dessas eu termino de organizar toda a casa e deixar igual a foto de revista. Ah, que orgulho será! Não vai parecer a minha casa no início.
No entanto, tudo são hábitos. Tudo pode ser mudado pra melhor.

Me considero um ser em evolução. Um ser humano único em seus defeitos e virtudes. Foco no positivo: eu vou conseguir tudo o que quero! Ser bem organizada também!

Abraço a você, organizada ou não! Dani Limberger.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account