Quando escolhi me reinventar – BLOG DE TODAS

Faltando pouco menos de um mês para completarmos um ano desse blog, que é só amor, estou escrevendo meu texto de número 50! Sim, foram 50 texto até aqui, textos esses, que por mais que tenha compartilhado com vocês, desculpem desapontar alguém, mas foram escritos para mim… Exatamente, todas as coisas que escrevi, foram coisas que eu precisava ler, eu me descobri escrevendo, me conheci, me entendi, e aprendi a me amar. E a partir das coisas que fui aprendendo, revendo, analisando, eu fui me reinventando, me modificando, e me tornando o cada vez próximo da pessoa que eu desejo ser. Algumas pessoas me agradecem pelos meus textos, por eu dividir minha experiências, fico muito feliz em poder auxiliar outras pessoas, satisfeita em saber, que toda essa minha entrega, todo essa minha exposição, alcançou muito mais do que eu imaginava, e quero poder um dia mudar a vida de outras mulheres, assim como transformei a minha.

 

A cada linha, cada frase de efeito, e bonitinha, que digitei, eu achei que seria muito injusto, eu pregar, e não aplicar, passei a me policiar, e viver realmente aquilo que eu dizia, buscar ser aquela pessoa que meus textos refletiam. Eu me reinventei, escrevendo eu descobri quem eu queria ser, quem eu poderia ser. Descobri coisas sobre mim que não imaginava, e coisas nem tão bonitas assim, coisas das quais tive até vergonha quando constatei. E decidi fazer diferente, me modificar, e a cada texto vi uma nova mulher surgir, uma força crescendo, e cada dia fico mais satisfeita com quem estou me tornando. Espantei fantasmas, desbloqueie traumas, venci medos, afastei amarguras, e entendi que tudo, mas tudo o que eu procurava, e não encontrava, não me satisfazia, tudo estava dentro de mim, que eu precisava ser a minha força, alegria, satisfação, que não podia esperar nada dos outros, que lidar com surpresa, é muito mais gostoso do que lidar com frustração.

 

Me tornei alguém mais leve, que não leva a vida tão a sério, tão pesada, relevo mais, não me permito abalar. Aprendi a respirar! Venci o medo de dirigir. Eu quis mudar, desejei mudar… E ao contrário do que muito se diz, que mudar dói, a maior dor para mim teria sido continuar como eu era, quando resolvemos ser melhores, e decidimos isso, entender que precisamos fazer diferente, modificar hábitos, desistir de velhos costumes, pode ser difícil, relutamos muitas vezes, mas quando fazemos isso, porque queremos, cada vitória, cada coisinha que conseguimos, quando somos mais fortes do que podemos imaginar, nasce dentro de nós outra pessoa, e uma vontade de continuar, e de conquistar mais e mais aquilo que tanto desejamos. Minha caminhada, está muito longe de considerar concluída, mas hoje eu já sei que dei os primeiros passos, sabe quando tu vai pedalar uma bicicleta, muito pesada, no início é difícil, depois vai no embalo, assim é a vida da gente, começar pode ser pesado, mas depois que pega o embalo, só vai…

 

Estou vivendo um dos melhores momentos da minha vida, nunca estive tão feliz, me sentindo tão bem, realizada… Só que já me senti assim outras vezes, não com tanta intensidade, e certezas, não com tanta plenitude. Mas das outras vezes era tudo muito superficial, era uma alegria que não vinha de dentro. Dessa vez eu busquei em mim, a minha felicidade. Eu me curei… Só que Chico Xavier, disse uma frase, que considero muito pertinente, e que por muitas vezes tem vindo na minha cabeça, é a seguinte: “Tudo passa”… Simples assim, e me pego as vezes pensando, até quando essa fase vai? Será que vou me sentir tão realizada para sempre? E me vem à cabeça, só depende de mim, da mesma forma, que busquei a mudança, e que a fase cinza da minha vida passou, preciso buscar a continuidade, está em mim manter esse estado de espirito. Ou quem sabe, posso daqui a pouco me reinventar de novo, e me tornar alguém melhor ainda? O futuro, é uma incógnita… E isso é outra coisa que estou precisando aprender, a viver o presente, mesmo que o futuro me assuste. E desfrutar esse momento… Sem pressão, sem pressa, com gosto…

 

Eu me reinventei, em vários sentidos, busquei isso, e com persistência, com desejo de ser alguém melhor, para mim, e por mim. Eu hoje tenho muitas pessoas me dizendo que sou uma inspiração, coisa que dá um medo, e as vezes acho meio improvável, e até engraçado! Mas, é muita responsabilidade, só que ao menos tempo, me serve de estimulo, para ser cada vez melhor, para focar mais na dieta, nos treinos, em trazer textos melhores, seguir sendo frequente nas minhas postagens, e trazer só coisas boas, positivas. Obrigada a todos que me aguentaram quando eu não estava tão bem, a quem não me abandonou, não desistiu de mim, e quem hoje está ao meu lado, me dando forças, elogiando, estimulando… E para quem me considera uma inspiração, cuidado hein, mas obrigada pela honra, confiança, e por me a ajudar, me estimular a ser alguém cada vez melhor, e quem sabe um dia ajudar as pessoas a serem melhores também…

 

Se reinvente, se melhore, por ti, para ti… Não vai te arrepender…

 

Bom pessoal, fico por aqui, não tenham medo, se reinventem… Volto na semana que vem, vou contar para vocês sobre o desafio fitness das blogueiras… Beijos e até quinta!

 

2 Comentários
  1. Suelen 1 semana atrás

    DIVA….POR DENTRO…POR FORA….Parabéns pela garra de ser uma pessoa assim😍

  2. Camila Freitas 7 dias atrás

    Daniiii, eu te admiro muito pela persistência, por vencer teus medos e ser sim nossa inspiração!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account