Ontem, dia 21/11, completou dez anos que moro em Santa Maria, uma década, uma história! Dez anos de muitos altos e baixos, de descobertas, de decisões, muitas erradas, outras certas, mas de muito aprendizado. Cheguei aqui, uma menina, que se achava safa, esperta, adulta, experiente! Coitada! Não sabia de nada, do turbilhão de coisas pelas quais iria passar, e que ainda poderão vir, que nada do que tinha vivido seria suficiente para passar ilesa pelo que estava para acontecer, hoje eu sei que na vida nada é definitivo, que estamos em eterno aprendizado, e amadurecimento, e que podemos sim, nos modificar, nos melhorarmos… Eu sei, que dessa vida, nada sei! Tudo pode acontecer. Passei por uma depressão, passei por um quadro de obesidade, passei perrengue financeiro, enfrentei crise no casamento, mas diferente de um tempo atrás, que eu achava que era invencível, por ter superado adversidades, agora sei que são apenas aquecimentos para batalhas maiores, e que ‘me achar’, subir no pedestal, só serve para o tombo ser maior! Entendi, que preciso ser humilde, e grata, e agora chegamos ao verdadeiro tema desse texto, a gratidão…

 

Depois de muito bater a cabeça, de tomar um milhão de decisões erradas, de bater pé, eu entendi o verdadeiro segredo de uma vida feliz, plena, com serenidade, paz… O segredo é ser grata, analisando minha vida, tudo o que enfrentei, todo o conforto que tenho, todos os privilégios, e vi, que eu tenho muito mais para agradecer, do que para pedir, e muito menos reclamar. Devemos ser gratos até pelos menores detalhes, as pequenas coisas, o que pode parecer pouco, trivial, que para nós é automático, para outras pessoas é luxo! Eu tenho uma casa onde morar, tenho água encanada, luz elétrica, roupas para vestir, comida… Quantas pessoas não tem nada disso? Tenho um plano de saúde, um emprego, família… Enquanto pessoas moram em instituições de amparo, sem nenhum ente querido para visitar, dependendo de doações. Seria muito injusto eu reclamar da minha vida, eu clamar a Deus, por mais e mais, enquanto Ele me proporciona uma vida tão boa, com muito mais do que o básico. Então eu agradeço, agradeço por ter louça para lavar, afinal de contas, eu tive o que comer, por ter roupas para estender, já que eu tenho uma máquina de lavar, roupas para usar. É claro que as vezes sai uma reclamação ou outra, mas isso é um habito, que devemos nos policiar, quando criamos o costume de reclamar, vira automático, fazemos sem perceber, hoje eu presto mais atenção, quando estou reclamando muito, ligo um alerta, e procuro logo ver algo de bom no que estou falando.

 

As dificuldades na nossa vida, nada mais são do que oportunidades de aprendizado, crescimento, podemos escolher, olhar para o alto, e reclamar, ‘Deus por que comigo?’ Baixar nossa vibração, e permitir que aquela ‘vibe’ ruim, fique maior do que realmente é, e deixar nos atolar até a cabeça, impedindo que vejamos a saída. Ou podemos ver que apesar da dificuldade, ainda tempos tantas outras coisas boas, nos agarrar nisso, e nos impulsionar para fora. São escolhas, desespero nunca resolveu nada. Agradeça, o tempo todo! Quanto mais agradecemos, mais enxergamos as coisas boas, lembre sempre de agradecer, isso faz com que a vida seja mais leve, passamos a ver com mais clareza, priorizamos o que a vida tem de bom, isso melhora nossa energia, nos faz fortes, e assim conseguimos suportar as adversidades. Que eu já disse né, são aprendizados, então, agradeça também! Agradeça a chuva, o sol, o calor, o frio, quando agradecemos tudo vira diversão, tudo é prazer, procure o lado bom das coisas, das pessoas. Ore, peça, mas principalmente agradeça, quando passamos a agradecer viramos ímãs para as coisas boas, passamos a atrair, e pedir se torna desnecessário. Esse ano, eu recebi muitas bênçãos, minha vida mudou, mas só mudou, porque eu mudei, quis mudar, e permiti mudar, e sabe como isso aconteceu? Agradecendo!

 

Agradeça…

 

Funciona!

 

Bom pessoal, fico por aqui hoje, gratidão, quando as pessoas entenderam o poder que a gratidão tem, nosso mundo será muito melhor, acreditem! Volto na semana que vem, vou contar sobre um presente muito especial que ganhei esse ano, e acreditem, com 30 anos eu ainda não tinha! Beijos e até quinta…

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account