Ser a Gota e o Oceano! – BLOG DE TODAS

Você já se pegou tendo que escolher ser indivíduo ou ser parte do todo?

Quando pensa em quem é, pode ter algumas sensações diferentes… entre elas um vazio do desconhecido, um sentimento de não pertencer a nada, até mesmo a esse lugar em que vive, também a certeza de que está trilhando o caminho certo e que vai chegar lá (seja lá onde for esse “lá”).

Cada passo a frente ou está lhe levando mais perto do seu grande projeto de vida, da realização da sua missão pessoal, ou está lhe desviando desse caminho, em uma direção cada vez mais longe… Então, nesse caso, você pode se sentir perdida, sozinha, sem saber como tomar as rédeas nas mãos e retornar ao caminho da sua essência, sem ter para quem perguntar, para quem pedir uma orientação.

Eu costumo dizer que o coração sabe tudo. Ele já vem com o “mapa” do baú do tesouro, no final do arco-íris. É que, muitas vezes, você escolhe se desviar porque é mais fácil, mais cômodo aceitar o que a sociedade lhe impõe, ao invés de lutar, se posicionar, dizer a que veio.

Eu já fiz isso, por muito tempo e sofri demais, calada, quieta, sentindo que algo estava errado, sem saber o que fazer ou por onde começar a mudar isso. Não condeno ninguém. Pelo contrário.

Hoje, que já me reencontrei comigo mesma, que trabalho na minha missão de vida, ajudo as pessoas a se reencontrarem também. Isso é tão gratificante que mal posso chamar de trabalho, de tanto que amo fazer, embora chame com muito orgulho!

Ver alguém sofrendo por não se enquadrar em tudo que é imposto pelos outros e que esperam dela, principalmente, os vários papeis da mulher na sociedade,  me faz entender uma mão, dizendo e quase gritando:

– Ei, olhe pra mim! Eu estou escutando você, entendo a sua dor, sei que você quer respirar um novo ar e não sabe como! Vem comigo que eu posso ajudar!

Se eu pudesse, sairia gritando mesmo, como louca, para salvar (olha a minha pretensão!) todo mundo que sofre dessas dores do coração, da alma, mostrando que existe uma saída. Uma saída em que se é feliz, de verdade, no final!

Eu falo o tempo todo em encontrar a sua essência, pois é ela, somente ela, que leva à sua realização como ser humano, é a sua centelha divida, seu eu verdadeiro. Através dela você descobre quem é. E então, você entende algumas coisas bem importantes para a sua felicidade…

Por vezes você é Gota, única, exclusiva no mundo sem ter outra igual. É pura e cristalina. Tem sua assinatura, tem seu jeito de fazer as coisas, de “ver” o mundo. Imprime a sua marca por onde passa, seja na voz, no carisma, no modo de agir, até mesmo na aspereza dos momentos difíceis. Você é quem é.

Por outras vezes você é Oceano, imensa, potente, poderosa, profunda, misteriosa, plena! Faz parte do todo, sendo esse todo um universo inteiro, abundante, criativo, sublime. Sabe que mesmo quando é gota, tem papel fundamental no oceano, pois ele depende das gotas para existir na sua máxima forma. Ele é denso e completo. Você é densa e completa. Ele é você e você é ele.

Permita-se seus momentos de gota e goteje radiante, consciente da sua beleza única!

Permita-se seus momentos de oceano e oceane plenamente, inundando de amor e realização a sua vida e a vida de todos ao seu redor!

Seja quem você quer ser! Simplesmente, seja você mesma e viva feliz!

Se quiser a minha ajuda pra se encontrar, só chamar!

Beijos, Dani Limberger!

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account