É com muita satisfação que estou participando de um grupo de mulheres dedicadas e inteligentes, que apesar de inúmeras atividades, que certamente todas devem ter no seu dia a dia, ainda conseguem um tempo em suas agendas para compartilhar e aprender através da proposta desse blog maravilhoso que é o “Blog de Todas”.

Ratifico minha proposta inicial em refletir com vocês, minhas amigas blogueiras,o significado e a importância do termo RESILIÊNCIA na vida do ser humano.

Lembro que desde minha adolescência eu buscava compreender como ser resiliente frente às adversidades da vida. Procurava observar todas as pessoas e sempre me chamava a atenção àquelas que superavam as dificuldades, que transmitiam esperanças e que demonstravam alegria em viver.

Assim, com o passar do tempo fui aprofundando esse tema e tive o privilégio em aprofundar mais e escrever sobre o mesmo, através do meu trabalho de conclusão do curso de psicologia, cujo título foi ” Resiliência na Adolescência”.

E, como Resiliência representa a capacidade do indivíduo, mesmo num ambiente desfavorável, construir-se positivamente frente às adversidades, pensei em iniciar o mês de setembro com vocês, refletindo o tema  “SETEMBRO AMARELO – MÊS DA PREVENÇÃO DO SUICÍDIO”.

O que é o Setembro Amarelo ? é uma campanha, é um movimento mundial de conscientização sobre a prevenção do suicídio, que ocorre desde 2014 e busca alertar a população sobre o problema e mostrar que nove em cada 10 casos poderiam ser prevenidos.

O suicídio tem crescido cada vez mais em todo o mundo. Então, pensando em uma forma de prevenir, nasceu a campanha Setembro Amarelo.

O suicídio precisa começar a ser encarado como um problema de saúde pública. Esta campanha foi iniciada no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida ( CVV), Conselho Federal de Medicina( CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). As primeiras atividades realizadas pelo Setembro Amarelo aconteceram em Brasília, mas já no ano seguinte houve participação de várias regiões de todo o Brasil.

Durante todo o mês de setembro, ações serão realizadas a fim de sensibilizar a população e os profissionais da área para os sintomas desse problema e para a saúde mental, fazendo-os entender que isso também é uma questão de saúde pública.

Para muitos, o suicídio ainda não é visto como um problema de saúde pública, mas sim uma espécie de fraqueza de conduta ou personalidade.Dados do Ministério da Saúde e da Organização mundial da Saúde (OMS) apontam que todos os dias pelo menos 32 brasileiros tiram suas próprias vidas e em todo mundo estima-se que acontece um suicídio a cada 40 segundos. Todos esses números poderiam ser evitados ou reduzidos quase que por inteiros se existissem políticas eficazes de prevenção do suicídio.

Esta reflexão nos mostra o quanto nós, blogueiras de todas, podemos juntas fortalecer nossa Fé, nosso Amor e a Esperança a favor da vida, prevenindo com nosso olhar, nosso amor, nossa união, nossas escutas, que muitas vidas se percam e que as pessoas possam ser resilientes frente às adversidades da vida, renovando suas forças sempre em Jesus Cristo, que em Isaias 4.31 diz :”Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão: andarão, e não se fatigarão.”

Um forte abraço a todas !

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2019 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account