Ovelha negra é uma expressão popular utilizada para representar a peculiaridade de uma pessoa que é diferente das outras, ou seja, que está fora dos padrões considerados normais pelo seu grupo social.

Siga o seu coração. Faça o que deve ser feito. Ande na contramão do mundo se achar que isso é necessário. Jamais siga o rebanho como uma ovelha obediente e sem opinião própria. Não tenha comportamento de manada e não faça suas escolhas baseado no que os outros pensam que é o melhor para você. Lembre-se, é só você que possui todas as informações do que te acontece, a percepção dos outros não corresponde nem a 5% do que você sabe sobre você.

Quantas vezes ficamos perdidos sem saber o que fazer porque se cria uma enorme lacuna entre o que desejamos e o que nos aconselham a fazer. Somos altamente influenciados pelas pessoas que nos amam e que de certa forma possuem uma espécie de hierarquia sobre nós. Quando respeitamos a pessoa que emite uma opinião, fica muito mais difícil contrariá-la mesmo que seja sobre nossa própria vida.

Acreditamos que os outros são capazes de enxergar melhor nossas decisões sem levar em conta que a percepção deles é completamente superficial em relação a tudo que sabemos e sentimos sobre o que nos acontece. Quando temos que fazer escolhas, vivenciamos durante dias ou até mesmo semanas alguns dilemas que nos fazem refletir muito sobre qual o melhor caminho a seguir e mesmo assim é muito difícil elaborar uma resposta para nossas decisões. Então como é possível achar que alguém que não sabe tudo o que se passa com a riqueza de detalhes que sabemos e que estão completamente livres da carga emocional que isso tem, poderá fazer escolhas por nós?

Entregamos nas mãos dos outros a capacidade de julgar e escolher por nós muitas vezes e depois reclamamos porque estamos infelizes com nossos resultados. Como é possível alguém aconselhar outra pessoa e achar que tem poder sobre ela a ponto de decidir o que deve ser feito? Uma coisa é emitir uma opinião baseado no que pensa sobre uma determinada situação, outra coisa é querer bater o martelo e impor caminhos rígidos e sem lógica baseado em crenças que não fazem sentido algum porque alguém em algum lugar um dia determinou que deveria ser assim ou assado.

Ninguém deveria ter o direito de interferir nas escolhas de ninguém. Somos seres livres e plenamente capazes de raciocinar com a própria cabeça. É preciso ter cuidado com o que se acredita, pois dependendo do caso, poderemos ser muito infelizes se não soubermos identificar quem está comandando a nossa vida. Quem define o teu caminho, é você mesmo. FAÇA O QUE TE FAZ FELIZ.

Por Renata Miranda

 

1 Comentário
  1. Camila Freitas 4 meses atrás

    Isso aí Renata, ninguém no mundo pode dizer o que devemos fazer da nossa vida.
    Sobre o comportamento manada, ando lendo e vendo muitos vídeos sobre o assunto, pra entender melhor.
    Parabéns pelo texto!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account