Trem bala materno

 

Não é sobre ter todas as noites da vida pra si
É sobre saber que em algum dia poderá dormir
É sobre deitar e não escutar o bebê chorando em alta voz
É sobre abraçar o marido sem ter uma criança no meio de nós

 

É saber se sentir infinita
Penteada e de unha bonita, é saber maquiar
Então colocar uma roupa descente
E as calças largas e o pijama velho conseguir tirar

 

Não é sobre discursar
Com os filhos e perceber  que não convenceu
É sobre repetir mil vezes e ele dizer que ainda não entendeu
É sobre o marido
Que chega, fala uma vez e faz correções
E resolve em um segundo todas as situações

 

A mãe faz sempre de tudo

Por que tanta birra e choro assim?

Vai levanta do chão!
Que já todo mundo parado e olhando pra mim.

 

Não é sobre um longo banho poder tomar
E sim sobre lavar a cabeça, passar creme e poder enxaguar
Também não é sobre
Reclamar de tudo que o filho faz

Mas é sobre poder ler, escrever, respirar sem o filho atrás

 

Ser mãe é bom e eu adoro

Isso é só uma brincadeira que eu fiz aqui

Deus me deu esse “trem bala materno”

Agradeço divino presente, que me faz sorrir!

 

 

Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá
Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account