Sempre me questionei muito o fato das pessoas passarem por dificuldades na vida, e quando falo de dificuldades não é aquele em que me falta grana para comprar o sapato ou a bolsa que vi no shopping, ou a calça de marca que é a sensação do momento, falo mesmo é de não ter o que vestir, nem ter o que comer.

Com certeza se você está lendo meu texto não deve ter passado nenhuma necessidade tão drástica como as duas últimas que citei, mas vivemos em um país muito rico, mas miserável quando o assunto é doar, claro que muitas pessoas que não conhecem esta dura realidade, mas que tem dentro de si o sentimento da compaixão, doam-se sem pensar, seja na ação voluntária da entrega de alimentos ou roupas, ou na ajuda em obras assistenciais. Não precisamos nem estar envolvidos em campanhas, ou ações promovidas por cunho religioso, porque o que a mão direita dá, a esquerda não precisa saber, e isto é bíblico.

Mas fazer o bem, sem olhar a quem te fugido as regras, o amor ao próximo, a doação sem nada em troca querer, tem se evadido das nossas mãos, a correria do dia a dia, o trabalho em excesso, as atividades que exerço, tem me impedido de olhar para o lado e ver quem realmente está precisando de mim.

A pobreza e a miséria tem mostrado dados alarmantes diariamente, claro que isso não é problema meu, esses políticos roubam o país, fazem fortunas com o dinheiro público e eu ainda tenho que ajudar os pobres?? Isso será é o que você está pensando? Eu não, porque neste inverno congelante que tivemos e estamos tendo aqui no Sul, muitas pessoas, que é claro não foi divulgado para não apavorar a população, morreram de frio, enquanto eu estava coberta por mantas quentinhas, ar condicionado,lareira, chocolate quente, alguém já não tinha a mesma sorte que eu…porque será? Isso não nos cabe o direito de resposta, porque o que queremos é ajudar e não saber a vida pregressa de cada um.

Olhar e se importar, saber que a sua atitude faz a diferença para a vida de alguém, e que não precisamos ocupar cargos públicos ou algo parecido para estender a mão a quem precisa. Eu sou uma, você mais um, e um grupo inteiro pode o que? Uma andorinha sozinha não faz verão, mas em bando, todas juntas nos trazem as boas novas do calor, de dias melhores, ensolarados…sejamos andorinhas na vida de alguém.

Aquela blusa que não serve mais, aquele sapato que você acha que saiu de moda, aquela jaqueta que está no fundo do armário, aquela touca que não usa porque não combina mais com seus looks, na dispensa está sobrando arroz, feijão, macarrão, açúcar, que compramos em excesso em virtude de preços bons….doaaaaaaa….por favor, tem muita gente precisando de você,o que não serve a você, com certeza fará a diferença na vida do outro.

Precisamos trabalhar dentro de nós a lei do desapego, eu preciso me libertar daquilo que não me serve mais, para que outras coisas venham, sejam elas materiais ou espirituais, pois quando me liberto, respiro mais aliviada, isso significa que a doação seja ela espontânea só te fará melhor.

O capitalismo nos consome, eu preciso ter para ser e isso não é a máxima da lei, eu preciso ser, para poder ter, ser melhor comigo e com os outros, compreender que o meu desejo de adquirir aquilo que aos meus olhos é necessário pode ser dividido com outros em porções menores, ou seja, posso comprar algo que queira muito, mas primeiro vou ver aquilo que também pode servir a outro.

Vamos ser andorinhas, ajudar uns aos outros, aquecer a vida de alguém e ser a diferença, sozinhos não chegamos a lugar algum, mas em grupo, comunidade faremos sim, creia que isso é possível e faça hoje o seu melhor.

Um mundo melhor só depende de nós!! Eu posso, você pode, juntos podemos muito mais.

1 Comentário
  1. Camila Freitas 4 meses atrás

    Aii jana, terminei o texto com os olhos cheios de lágrimas.
    Acredito muito que sim a gente pode mudar o mundo, se cada um fizer a sua parte e pode sempre contar comigo, no que eu puder vou ajudar!
    Um beijão sua linda.
    O mundo precisa de mais Janas espalhadas por aí!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account