Lembro de quando tinha 10 anos. Sempre fui muito madura para minha idade. Curti muito minha infância mas aos 10 anos muita coisa despertou em mim e eu mudei. Já me sentia uma jovem, cuidava das roupas e acessórios que usava e já queria namorar. Eu frequentava um grupo de adolescentes na minha igreja onde acabei fazendo amizades com pessoas mais velhas que eu. Jovens de 18, 20, 25 anos. Além de tudo isso, me sentia mais velha que minhas colegas do colégio ou amigas da mesma idade. Tudo o que eu queria era fazer 15 anos para poder ser uma jovem. Namorar, me maquiar, pintar as unhas de esmalte escuro, me vestir como adulta. E o tempo voou. Aos 15 anos encontrei o amor da minha vida, meu primeiro namorado, e com ele construímos uma linda história. Aos meus 19 anos já casamos. Passamos nossa juventude juntos. E o tempo foi passando e eu, com mais de vinte, me vi querendo retroceder o tempo. Até então queria ser mais velha que minha idade. Mas depois que meus vinte chegaram não queria que eles passassem tão rápido como aconteceu. Fiz faculdade, me formei e fui mãe. Hoje, com 25 anos e na minha melhor performance, sendo mãe, quero que o tempo congele. Mas por que isso Claudia? Por perceber que meu bebê já está com quase 7 meses de vida e que o tempo não perdoa quem não aproveita. Ele não rebobina para termos uma nova chance. Meu bebê de hoje daqui há alguns meses estará uma criança cada vez mais linda e saudável, mas a saudade do bebê que só mamava ficará. Sempre que me perguntam como foi e como tem sido a maternidade sou muito real ao contar. É cansativo, mas é tão prazeroso. Tão abençoador esse momento da vida. Tão lindo. Os pais acabam resgatando a sua criança interior e voltam a infância. Voltam a ser crianças junto com seu filho. E hoje eu só quero que o tempo pare um pouco. Parece que foi ontem que ele nasceu. Que saímos em lágrimas do hospital, felizes em vir para casa com nosso filho nos braços. Tão pequenino, tão indefeso, tão lindo, tão abençoado. E a vida é assim. Sempre seremos aprendizes nessa caminhada. No início queremos ser experientes e maduros antes da hora, depois de um tempo amadurecemos de verdade e a experiência nos mostra que tudo tem o tempo certo para acontecer. Cada momento tem um valor único, por isso precisamos aproveitar cada fase da vida com intensidade, pois o que fica são as lembranças e memórias, pois o tempo, esse não volta.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2019 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account

Pular para a barra de ferramentas