Em janeiro deste ano, quando voltei de férias percebi que tinha chegado no máximo de sobre peso até então, na verdade, estou sendo sutil, eu já estava com um imc (índice de massa corporal) próximo de obesidade, e um dia sentada em frente a um espelho, me olhei de relance e me apavorei, sim aquela pessoa era eu, não me reconheci, ser gordinha, não é defeito, não é errado, a partir do momento que estamos felizes e bem resolvidas, e eu não estava, me sentia mal, não tinha amor próprio, muito menos auto estima. Isto estava refletindo em vários aspectos da minha vida, nas fotos, era sempre um drama, tinha que tirar umas vinte para gostar de uma, e nessa uma, muito filtro, na hora de comprar roupa, era muito difícil, cheguei a entrar em uma loja, experimentar tudo e sair sem nada, e o mais importante, estava afetando meu casamento… Me sentia desconfortável em ficar sem roupa perto do meu marido, sem contar que por eu estar acima do peso, com baixa autoestima, estava até depressiva, chateada, incomodada, e infeliz, e isso estava refletindo e muito na nossa relação. Eu também não tinha disposição para nada, me achava horrorosa, e tinha a certeza de que minha única solução seriam procedimentos cirúrgicos!

 

Em março deste ano, depois de muitos insucessos, depois de estar muito traumatizada, e acreditando que não haveria outra solução além de cirurgias plásticas, e na época estava tão envergonhada, e insatisfeita, que nem sabia meu peso, preferia nem saber, tamanho era a minha infelicidade, e a fuga, como se não sabendo, não precisasse enfrentar, foi então que meu marido me convidou para conhecer a academia onde ele estava treinando, e onde ele já havia perdido quase 20 kg. Cheguei lá bastante insegura, e desconfiada, sem acreditar muito, tinha perdido totalmente a fé em mim, ou em qualquer método, estava na época pesando incríveis 75,9kg, medindo 1,56m, detalhe, quando entrei para a Let’s MOVE, e conheci o projeto #vamomexe, eu já tinha diminuído um pouco, o que me leva a acreditar que cheguei tranquilamente aos 80kg! A situação tinha chegado no limite, ou mudava minha forma de encarar a comida, a bebida, e passava a fazer exercícios de verdade, um treino montado para mim, onde fossem avaliadas minhas reais necessidades, limitações e objetivos, ou eu seguia fazendo de conta que me exercitava, porque eu achava que me exercitava muito! Chegando em casa, e ingerindo o dobro do que tinha perdido, nesse ciclo, em muito pouco tempo, eu estaria com minha saúde muito prejudicada, e quem sabe até, com o tempo, teria de passar não só por uma cirurgia plástica, como eu tanto sonhava, mas por uma bariátrica, balão no estomago, ou algo do tipo. ‘Que exagero Dani!’ Pode parecer, mas se lá em março, eu não tivesse mudado, não tivesse entendido os riscos, hoje vocês não iriam achar um exagero, acreditem!

 

Fui destinada a ser aluna da personal trainer Cintia Pozzatti, esposa do personal do meu marido, o dono da academia Bruno Bitencourt, chegando lá já senti um clima diferente, lembrando, eu estava muito descrente. O ambiente é fraternal, onde todos estão em busca de uma mesma coisa, qualidade de vida, não existem disputas de quem emagreceu mais, qual personal tem mais sucesso com seus alunos, todas as vitórias são comemoradas, e quando alguém da sinal de desanimo, sempre vai ter alguém para dar força, e estimular. O atendimento vai além do treino, é todo uma preocupação individual, tu te sente amparado. A Cintia está comigo, muito mais do que a uma hora que fico dentro da academia, ela me cobra se estou cuidando da minha alimentação, se estou bebendo, dormindo, exagerando nas atividades, enfim, tudo o que pode vir a interferir nos meus resultados. Temos nossos acordos, de metas pré estabelecidas, e presto contas disso, seja quando faço tudo direitinho, ou quando cometo meus deslizes.  Meus treinos são três vezes por semana, segundas, quartas e sextas, com horário marcado, e duram em torno de quarenta minutos, vou antes de ir para o trabalho as 7h da manhã, portanto quem diz que não tem tempo, para mim tem é desculpas! Quando queremos, entendemos, se arruma tempo, se dá um jeito…

 

Eu passei por muitas atividades, muitos locais, muitos professores, tanto que como mencionei, achei que teria que me submeter a cirurgias plásticas para eliminar a gordura localizada, odiava meus braços, e sonhava com uma cirurgia de braquioplastia, que realmente tira a gordura localizada, e o excesso de pele, só que deixa uma cicatriz de fora a fora, mas eu dizia que preferia a cicatriz! Só para terem uma ideia de como estava minha autoestima… E com um treino focado nas minha necessidades hoje eu vejo que não, que é possível sim alcançar uma corpo bonito, mas principalmente de forma saudável. Muitas vezes cheguei na academia desanimada, incomodada com algo, ou com preguiça mesmo, e a Cintia não deixou a peteca cair, ‘vamos lá…’, ‘eu acredito em ti…’, ‘eu sei que tu consegue…’. Eu sinto que sou muito mais do que o valor pago, eu sou uma pessoa, onde meus traumas, e sonhos são vistos, e tratados com carinho, atenção, individualmente… Desde o momento que entro, até a hora que saio tenho acompanhamento, não tenho ficha, cada dia é um treino diferente, que me é passado, explicado, e monitorado. Já foram quase 14kg, ainda faltam 6kg, para atingir meu objetivo, mas hoje eu sei que é possível, conheci outra vida, outro meio, onde me sinto muito mais feliz, satisfeita, e bem disposta. Uma palavra para definir: gratidão…

 

Esse texto me veio na cabeça durante a festa de três anos da Let’s MOVE, eu pretendia ter abordado sobre o desfio fitness das blogueiras, do blog de todas, mas as emoções vividas na noite de sábado ainda estavam muito vivas para abordar algo que não fosse toda essa trajetória… Então aqui fica meu convite para conhecerem a Let’s, o projeto #vamomexe, e assim como eu conhecer uma nova abordagem, uma forma completamente diferente de buscar resultados, mas que principalmente, da certo, muito certo. Ressaltando que é necessário consultar a disponibilidade de horários, sendo que existe uma lista de espera já para novembro! A academia fica na Rua Silva Jardim, 1031, aqui em Santa Maria, fone: 991370201.

 

Bom pessoal fico por aqui, acreditem no potencial de vocês, acreditem que podem mudar, que uma nova vida é possível, ser saudável é possível, e bom, muito bom! Como entrei para o blog para falar sobre violência contra mulher, e estamos no agosto lilás, vou descrever na semana que vem um pouco sobre esse tema tão importante… Beijos e até a próxima quinta…

 

3 Comentários
  1. Sibele 2 meses atrás

    Lindo, foco sempre, parabéns!!!

  2. Camila Freitas 2 meses atrás

    Parabéns pelo texto e pela persistência Dani. Beijos!

  3. Parabéns pelo foco, disciplina e mudança de hábitos Dani! O resultado é visível e incrível!! Bjos

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account