Passavam-se os meses, meu filho foi crescendo, lindo, muito risonho. Cativava as pessoas por onde andássemos.

Com apenas 1 ano de idade uma febre de 39° foi o suficiente para ter sua primeira crise de epilepsia (convulsão). Pensem no meu desespero, e dos familiares, que ajudam e apoiam muito, um amor incondicional por ele.

Esta noite foi uma das piores para mim, uma sensação de impotência de vê-lo naquele estado e não poder fazer nada, a não ser levá-lo ao médico. – Eu queria mesmo, que isto desse em mim e não nele!! É o que toda mãe diz em uma hora destas, não é mesmo??? E pior, não foi uma única vez, mas sim, 4 ou 5 vezes durante seu crescimento, mesmo a temperatura não sendo tão elevada, outro fator que colaborou foi a diminuição da dose da medicação, sem sucesso.

A Fé anda lado a lado comigo.DEUS nos fortalece a cada dia a superar os desafios, os imprevistos do dia-a-dia, não importa quão difícil é tal situação, a vontade de vencer é Grande.

Hoje continua tomando o remédio anticonvulsivo e está sem crise.

E digo, que é muito importante as famílias serem unidas, o apoio é fundamental, faz toda diferença para que ele cresça em um lar cheio de Amor. Porque muitas vezes nós mães queremos abraçar o mundo do filho sozinhas e não deixamos que os outros nos ajudem. Temos que ter humildade de reconhecer que necessitamos da ajuda de terceiros.

Ser “MÃE” de um filho especial oscila muito com seus altos e baixos,cansa tanto físico como emocional.É preciso trabalhar todos os campos da nossa vida,o que me ajudou também,foi a busca por um psicólogo.Toda ajuda é bem-vinda.

Sei e conheço muitas mães que não tem o pai presente e criam sozinhas, mas onde existe amor as coisas fluem com mais leveza. Não podemos mudar o outro,o que muda é nossa visão a respeito.

Quem está perto de nós para nos auxiliar?

Vamos aceitar ajuda, vamos em frente.

“Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes”, (Sal 126:6).

Obrigado Senhor e que Deus abençoe vocês Mães guerreiras! CORAGEM e não desistam.

Este foi um pequeno relato da minha vida com meu filho!Que vencemos!!!

Hoje o meu filho está com 18 anos.Até á próxima quinta-feira…Beijos!

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Nos envie seu um e-mail e nós retornaremos para você, o mais rápido possível.

Enviando

©2018 BLOG DE TODAS desenvolvido com muito amor.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account